30 de dezembro de 2011

FARC-EP !

Lançado em fevereiro de 2010, o livro Revolutionary social change in Colombia – The origin and direction of the FARC-EP (Pluto Press, EUA, 2010), do sociólogo canadense e professor da Acadia University, James J. Brittain, é considerado um marco no estudo das FARC-EP.

Baseado em extensa bibliografia, pesquisa de campo realizada por anos em meio às FARC-EP e em entrevistas de camponeses e moradores das regiões sob controle da guerrilha, a obra é apontada como referência básica no assunto para os próximos anos.

Ainda sem previsão de lançamento para o português, o prefácio da obra, de autoria de James Petras, foi traduzido com exclusividade para o Jornal A Verdade. Fornecendo uma visão geral da obra e desfazendo alguns mitos sobre as FARC-EP, este prefácio revela ainda um pouco da história da guerrilha e de sua atual situação.

Prefácio de "Revolutionary social change in Colombia - The origin and direction of the FARC-EP"

28 de dezembro de 2011

Nenhum aumento no transporte! Passe livre já!

Com o fim de mais um ano letivo para os mais de 600mil estudantes na capital baiana alerta-mos a população que não devemos descansar, pois, o SETEPS em conluio com o prefeito prepara um novo aumento para o transporte público. Este será o terceiro ano consecutivo de aumento na nossa cidade, que, por tabela, conta ainda com um dos mais caros entre as capitais brasileiras. Além de ser um dos piores do Brasil, sendo: lentos (estamos habituados aos engar-rafamentos), sujo, cheios (quem vai pra estação Pirajá às seis da manhã sabe bem como saem os ônibus) e horários limitados (quem fica até mais tarde na rua vê as dificuldades em voltar pra casa).

21 de dezembro de 2011

Política de Assistência Estudantil na UNEB

* Por Eduardo Almeida
 
A Universidade do Estado da Bahia-UNEB, através de sua Pró-reitoria de Assistência Estudantil, promove um levantamento acerca da demanda por Restaurante Universitário que será construído nos campis de Juazeiro, Alagoinhas e Salvador.
Esse levantamento será feito por meio de questionário que norteia algumas questões sócio-econômicas e dados acerca dos hábitos alimentares dos e das estudantes. Vale ressaltar a importância de tal iniciativa, haja vista que em sua História, são os primeiros Restaurantes Universitários a serem construídos na UNEB.
A importância do Restaurante Universitário é inarrável, pois além de ser um ponto de encontro dos/as estudantes para debaterem política, questões acadêmicas, entre outras coisas, é um importante meio que contribui para a permanência dos estudantes na Universidade, principalmente daqueles de baixa renda.
Espero que a construção desses Restaurantes ocorra de fato e não fique apenas no papel e como desejo da Reitoria, mas que venha a ser realidade e possa contrbuir na melhoria das condições de alimentação de toda a comunidade acadêmica.

Segue  link site da UNEB: http://www.uneb.br/praes/2011/12/15/pesquisa-demanda-para-restaurante-universitario/

*Eduardo Almeida- Diretor de Assistência Estudantil do DCE da UNEB-  Gestão Transformar o Tédio em Melodia

20 de dezembro de 2011


Por Juliana Sada

Neste mês encerrou-se uma busca e um luto que já duravam 38 anos. As cinzas de Miguel Sabat Nuet, preso e morto pela ditadura militar brasileira, foram entregues aos seus filhos pelas mãos da emocionada ministra Maria do Rosário, no dia 12 de dezembro.

O espanhol-venezuelano Miguel não tinha nenhuma atividade política e estava apenas de passagem pelo Brasil quando foi preso em 1973 em São Paulo, torturado e assassinado no DOPS (Departamento de Ordem Política e Social). A procuradora da República Eugênia Augusta Gonzaga, responsável pelo caso, considera que esta “é uma das mortes que mais expõe a ditadura, ele foi preso apenas por falar outra língua e por, como os registros mostram, ‘ser metido a filósofo’”, em referência aos textos que escrevia na prisão, durante os vinte dias que esteve numa cela do DOPS antes do assassinato.

19 de dezembro de 2011

A Essência da Universidade


Entender a essência da universidade publica no Brasil é uma busca pelo real entendimento do significado e da importância social política e econômica que a universidade representa para a sociedade. É uma busca ideológica e também sociológica, pois envolve diretamente não só o modelo de universidade adotado no Brasil, mas o papel que esse modelo de educação chamada “superior” representa no plano ideológico político e socioeconômico do contexto nacional. 

17 de dezembro de 2011

Cumpra-se

Por Alessandro da Silva* (16/12/11)

No dia 14 de dezembro terminou o prazo concedido pela Corte Interamericana de Direitos Humanos para que seja cumprida parte da sentença que condenou o Brasil pelas graves violações de direitos humanos cometidas durante o combate à Guerrilha do Araguaia. Dentre as determinações estão a publicação da decisão em jornal de grande circulação, a indenização aos familiares da vítimas, a devolução dos restos mortais dos desaparecidos e a responsabilização criminal dos culpados.

12 de dezembro de 2011

Sentença da OEA sobre Araguaia leva parentes ao Ministério Público


Carta Maior

BRASÍLIA - Às vésperas do fim do prazo para que o Brasil cumpra a primeira parte da sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) que condenou o país por crimes cometidos durante a Guerrilha do Araguaia, familiares das vítimas da ditadura militar recorreram ao Ministério Público Federal na luta contra a impunidade dos responsáveis.

11 de dezembro de 2011

A reportagem investigativa da década

Do blog de Luis Nassif

Fui ontem à coletiva do repórter Amaury Ribeiro Jr, sobre o livro que lançou.
Minha curiosidade maior era avaliar seu conhecimento dos mecanismos do mercado financeiro e das estruturas de lavagem de dinheiro.

Amaury tem um jeito de delegado de polícia, fala alto, joga as ideias de uma forma meio atrapalhada – embora o livro seja surpreendentemente claro para a complexidade do tema. Mas conhece profundamente o assunto.

10 de dezembro de 2011

Sobre o dia Internacional dos direitos humanos

Por Diego Rabelo*

O dia internacional dos direitos humanos aponta uma interessante perspectiva no que diz respeito às relações sociais e a construção da mesma nas mais diferentes lógicas culturais. Longe de apreender um multiculturalismo exótico, que tipifica manifestações a partir de uma ótica pseudo-antropológica justificando barbáries através de construções históricas, devemos compreender esse conjunto de fatores como elementos fundadores de uma sociedade. Para tal, resgatar um pouco da complexidade do tema sugere uma constante reflexão sobre valores e a manifestação desses no terreno da luta de classes.

1 de dezembro de 2011

Convocatória Conselho de Entidades de Base da UFBA


O Diretório Central dos Estudantes convoca todos os Centros e Diretórios Acadêmicos da UFBA para o CEB eleitoral, nesta terça-feira, dia 06/12, às 18h00, na sede do DCE-UFBA, para pauta única:


1. Prestação de contas da chapa eleita 

2. Posse da Gestão eleita

A presença de todos os CAs e DAs da UFBA é muito importante para a construção da nossa entidade geral.

20 de novembro de 2011

Sancionada Comissão da Verdade e lei de acesso à informações públicas


A presidenta Dilma Rousseff sancionou, nesta sexta-feira (18), durante solenidade no Palácio do Planalto, os projetos de lei que criam a Comissão Nacional da Verdade e a lei do Acesso à Informação, que regula o acesso às informações públicas em âmbito federal, estadual e municipal, nos três poderes.

Para a ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), a sanção das duas leis inaugura um novo período na história democrática do país. “A sanção dessas leis consagram uma longa caminhada travada por militantes da areia de Direitos Humanos, sociedade e instituições governamentais. Este é um novo momento para o Brasil, um momento onde asseguramos ao povo brasileiro o direito básico à informação e à memória e à verdade sobre os fatos ocorridos no passado e no presente”, disse.

19 de novembro de 2011

Chapa Petista vence na UNEB

A maior Universidade do Estado da Bahia vivenciou essa semana (10 de novembro) a eleição para representação do diretório central dos estudantes. A chapa 2 petista, “Transformar o tédio em melodia” saiu vitoriosa do pleito com expressiva votação.

A vitória para o DCE da UNEB representa a força da juventude do PT no Estado, que dirige as duas principais entidades estudantis do Estado.

Essa semana é a eleição do DCE UFBa e a chapa 1 “Ciranda de lutas” é a principal opção para a estudantada da federal.

Da coordenação.

15 de novembro de 2011

Reunião do CEBES-Núcleo Bahia, nessa quarta dia 16/11.

CONVITE
Convidamos a todos para participarem da próxima Reunião do CEBES - Núcleo Bahia, cuja pauta será:

1. Avanços do Diálogo para construção do Fórum. Apresentação do DOC/Rosana.
2. Trazer o “Convite Final” para aprovação do grupo.
3. O que ocorrer

DATA: 16/11/2011

HORA: 17:00 hs

LOCAL: Sala 5 - 3º Andar - INSTITUTO DE SAÚDE COLETIVA / UFBa

(Rua Basílio da Gama, s/n - Campus Universitário Canela.
Ao lado da Escola de Música)

Saudações Cebianas

11 de novembro de 2011

Solidariedade aos estudantes da USP

Nós do Coletivo "O Estopim" nos solidarizamos com a luta dos/as estudantes da USP na luta pela efetivação da democracia Universitária, e por sua autonomia frente aos aparelhos ideológicos e repressores do Estado. 

Defendemos uma Universidade Pública e de qualidade,laica e socialmente referenciada. Condenamos qualquer ação repressora contra o Movimento Estudantil organizado, que em meio às suas manifestações foram agredidos pela polícia militar despreparada e assasina do estado de São Paulo, sob o comando do Governador Alckmin.


Aqui na Bahia passamos por situação semelhante,em 16 DE MAIO de 2001, quando estudantes, professores e funcionários foram agredidos pela cavalaria da PM na Faculdade de Direito da UFBA ao protestar pela Cassação do então senador ACM, quando o mesmo fraudou o painel eletrônico do Senadoe manchou para sempre a ahistória da Bahia. Episódios como esse nunca antes ocorrido na história da Universidade revoltou todo o povo que foi às ruas e conseguiu derrubar mais um tirano.



Nesse momento, nos somamos a essa luta dos estudantes da USP e do DCE e desejamos toda força nesse momento difícil e que tenham coragem para enfrentar e vencer os desafios.

Por uma Guarda Universitária com concurso Público e uma USP aberta para o povo!

Repúdio eterno ao reitor João Grandino Rodas e ao Governador Geraldo Alckmin!
PM no Campus nunca mais!

Ato contra a PM na USP ocupa o centro de São Paulo



Mais de 3 mil estudantes caminharam por mais de três horas e exigiram alternativas para a segurança na universidade

Indo na contramão do “mau humor” com que a reitoria da USP e o Estado vem tratando os últimos acontecimentos na universidade, mais de três mil estudantes realizaram, nesta quinta-feira (9), um ato público irreverente no centro de São Paulo. A passeata ocorre após ação truculenta da PM na Cidade Universitária.

Munidos com cartazes, bandeiras e palavras de ordem, os estudantes percorreram, por mais de três horas, as principais vias do centro antigo com os alunos detidos na reintegração de posse de mãos dadas na linha de frente, dando a impressão de um verdadeiro escudo. A Polícia Militar não acompanhou a maior parte do protesto e houve até intervenção urbana de um grupo de artes cênicas relembrando as atrocidades da ditadura militar.

A manifestação começou e terminou no Largo São Francisco, em frente à Faculdade de Direito. Para o diretor da UNE e do DCE da USP, Thiago Aguiar, o propósito era deslocar o diálogo que acontece dentro da universidade e compartilhá-lo com toda a sociedade. “Estamos aqui contra a ação da polícia e para chamar a atenção da população para a falta de debate que existe entre a direção da USP e a sua comunidade. Se a reitoria fosse realmente aberta, eles teriam resolvido no diálogo a questão da ocupação”, declarou.

9 de novembro de 2011

Código Florestal: retrocesso avança no Senado Federal

Da Página do MST

A Comissão de Ciência e Tecnologia e a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado aprovaram em sessão conjunta o texto-base do projeto de alteração do Código Florestal Brasileiro. Os destaques e emendas, no entanto, serão apreciados apenas amanhã (09/11), com a proposta de ter tempo para se estabelecer consenso entre os senadores.

O relator, Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC), afirmou que o seu parecer “guarda a essência do projeto da Câmara”, relatado pelo deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP). O senador destacou que sua proposta amplia o projeto da Câmara quando estabelece a separação entre medidas permanentes – que valerão para o futuro – e as medidas transitórias, que tratam do chamado passivo ambiental anterior a 20 de julho de 2008.

4 de novembro de 2011

Cultura de direitos humanos: as transformações através do cinema


A Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul chega em sua sexta edição alcançando um sonho colocado desde a sua criação em 2006: estar presente nas 27 capitais brasileiras. As recém-chegadas Macapá, Vitória, Boa Vista, Campo Grande, Porto Velho, Florianópolis e Palmas vibraram por fazer parte da maior mostra de cinema do gênero no mundo.

3 de novembro de 2011

Plano Estadual de Juventude é aprovado na Assembléia Legislativa.

O Conselho Estadual de Juventude (CEJUVE) e a Coordenação Estadual de Políticas para a Juventude comemoram a aprovação, na Assembléia Legislativa, do Plano Estadual de Juventude, Projeto de Lei – 1835/2010, que passa a ser o primeiro instrumento legal a tratar dos direitos dos jovens na Bahia.

A aprovação do Plano é resultado de uma intensa mobilização juvenil, que começou com a I Conferência Estadual, realizada em 2008 e culminou com a II Conferência Estadual da Juventude, que reuniu, durante 3 dias, na Escola Parque, em Salvador, mais de 2 mil jovens de todas as regiões do Estado.

29 de outubro de 2011

Argentina: “anjo da morte” condenado a prisão perpétua

27/10/2011 15:02,  Por Esquerda.net
                                                                      

Torcionários da ditadura argentina, entre eles o sinistro Alfredo Astiz – que se infiltrava nos movimentos de direitos humanos para organizar os raptos e assassinatos – sequestraram, torturaram e mataram, atirando as pessoas de aviões para o mar.Artigo |27 Outubro, 2011 – 16:25Astiz em 1985, quando ainda não tinha sido expulso da Marinha. Foto wikimedia commons
Um tribunal federal argentino condenou 12 ex-militares da Marinha à prisão perpétua por crimes contra a Humanidade cometidos durante a ditadura que governou o país entre 1976 e 1983. Os 12 actuavam no mais sinistro centro de repressão e tortura da história argentina, a Escola de Mecânica da Armada, a ESMA, responsável pelo assassinato e desaparecimento de pelo menos cinco mil pessoas. O próprio chefe da Marinha, em 2004, reconheceu que a ESMA era um centro de barbárie.

Estudantes chilenos tentam ocupar Ministério durante protesto

Mais de 100 estudantes chilenos tentaram ocupar nesta quinta-feira (27) o Ministério da Educação em meio aos incidentes ocorridos na "Jornada de Agitação e Propaganda", quando vários setores de Santiago registraram barricadas e fogueiras.
A polícia chilena usou jatos de água para impedir que os estudantes da Universidade Metropolitana de Ciências da Educação (UMCE) entrassem no prédio do ministério, no centro de Santiago, durante a tarde desta quinta.
Representantes dos estudantes explicaram aos jornalistas que o protesto foi determinado porque os alunos da UMCE são os únicos que não receberam as bolsas de estudos distribuídas aos estudantes desempregados pela Junta Nacional de Ajuda Escolar e Bolsas de Estudos (Junaeb).
Durante a jornada de protestos, realizada em todo o Chile, estudantes universitários e do ensino médio organizaram atividades em praças e fizeram visitas porta a porta, além de pintar micro-ônibus.
Vários veículos do transporte público e carros particulares foram apedrejados, enquanto em algumas zonas os jovens cortaram a energia elétrica.
Segundo a polícia, além de Santiago, a situação se estendeu a outras grandes cidades do país.
Durante a noite, os agentes retiraram os alunos que mantinham ocupadas as dependências da Universidade Católica do Maule, no sul do Chile, em uma operação que terminou com mais de 30 detidos.
Os estudantes chilenos, mobilizados há cinco meses, exigem uma educação pública, gratuita e de qualidade, além da reforma do sistema imposto durante a ditadura de Augusto Pinochet, que os obriga a assumir grandes dívidas para financiar seus estudos.
Enquanto estes incidentes ocorriam em Santiago, cerca de 200 estudantes uruguaios marcharam por Montevidéu contra o que consideraram a "nefasta" visita do presidente chileno, Sebastián Piñera, ao seu país.

24 de outubro de 2011

FECH Informa: Referéndun 2do semestre, 2011.

¿Cómo nace la idea del Referéndum para consultar el desarrollo del 2do semestre?

La idea del referéndum nace a partir de las discusiones en las localidades de la Universidad, es decir, desde las asambleas de las diversas facultades e institutos, desde las cuales se impulsó la necesidad de tomar una decisión en bloque como estudiantes de la Universidad ante retomar o no el 2do semestre de este año frente al escenario de movilizaciones nacionales por la Educación.

23 de outubro de 2011

AS CONQUISTAS DE UMA GERAÇÃO (2006-2011) - UMA REFLEXÃO SOBRE UM IMPORTANTE CAPÍTULO DO MOVIMENTO ESTUDANTIL DA UFBA OS OCUPANTES DA FARMÁCIA-ESCOLA

Por Frederico Perez[1] e Ítalo Mazoni[2]

Tudo começou no dia 24 de março de 2006, na ocupação do prédio abandonado da Farmácia-Escola da UFBA. Estudantes de diversos cursos pleitearam vagas nas Residências Universitárias e não foram felizes em seu pedido. Na época, aquela era a segunda turma a entrar pelo Programa de Cotas e a Universidade não dera alternativa de moradia para as mais de 100 pessoas que ficaram de fora da lista para ir morar na R1, R2 e R3, que eram as Residências Universitárias da UFBA então existentes. O lema da gestão da Reitoria era “Compromisso Social”, só que na prática não existia esse compromisso e os estudantes bradavam “Cotas com permanência”. Mas a administração central respondeu à ocupação dizendo não era responsável pelos estudantes que ficaram sem vagas. Com isso os estudantes se viram num dilema: desistir do sonho de estudar na UFBA ou lutar pelos seus direitos e permanecer. E foi assim que respondemos: ocupamos e resistimos mais de oito meses no prédio da Farmácia-Escola, dormindo em colchonetes no chão de quartos apertados, com precária estrutura de banheiros (todo dia tinha fila para tomar banho) e tudo isso tendo ainda que engolir o feijão infestado de “gorgulhos” que era servido no Restaurante Universitário da Vitória.

22 de outubro de 2011

CALENDÁRIO ELEIÇÕES DCE UFBA!

Dia 17/10 foi eleita em CEB(Conselho de Entidades de Base) a Comissão Eleitoral, com 7 DA's sendo eles: Enfermagem, História, BI Saúde, BI Humanidades, Economia; um DA de Vitória da Conquista e um DA de Barreiras ainda por definir.

Calendário:
-INSCRIÇÃO: de 24/10 a 31/10
- CAMPANHA: de 01/11 a 22/11
- ELEIÇÃO: 23 e 24/11



Nós do Coletivo Estopim defendemos que a eleição seja realizada prezando pela democracia participativa e representativa, onde as chapas disputem de forma leal, e o Movimento Estudantil possa acumular acerca dos debates da conjuntura do último período e que o DCE possa travar as lutas em prol de uma Universidade Pública, laica, de qualidade e socialmente referenciada.

Convidamos todas/os interessados/as a se somarem conosco nesse processo.

Saudações socialistas!

CARTA ABERTA

CARTA ABERTA – 21 de Outubro de 2011
 
Nós, estudantes em mobilização hoje decidimos desocupar a área física da FAPEX – Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Extensão, após três dias de ocupação. Entendemos que este prédio foi um espaço central para pressionar a administração no sentido de atender nossas pautas. Nossas mobilizações das ultimas seis semanas, foram vitoriosas, pois deram conta de mostrar a nossa universidade seus problemas e apontar soluções para o conjunto de setores que a compõe – estudantes, servidores técnico administrativos, professores, terceirizados e comunidade.
 
Dia 20 de outubro de 2011, o Conselho Universitário – órgão que congrega estes setores – foi chamado a discutir a pauta única de Assistência Estudantil, como exigido pelo nosso movimento. Alcançamos diversas conquistas de pautas, e o mais importante, conseguimos garantir o comprometimento não só da administração central como de toda a universidade, que através de seus representantes reafirmaram a importância de nossos pleitos para a construção de uma universidade mais democrática e comprometida com os interesses da sociedade que a construímos.

19 de outubro de 2011

FAPEX UFBA encontra-se OCUPADA pelos estudantes!


O Movimento Estudantil da UFBA encontra-se  em ocupação na FAPEX desde ontem,18/10.Nossas reivindicações como Assistência Estudantil,Contratação de professores e funcionários, reativação e conclusão de obras, contratação de Guarda Universitária,10 % do PIB pra Educação, entre outras pautas, foram entregues à reitora Dora Leal e  até então suas respostas não foram satisfatórias.
Permaneceremos ocupados na expectativa da negociação com Reitoria.
Nessa quinta,20,às 14h,na Reitoria, terá CONSUNI(Conselho Universitário), com pauta única de Assistência Estudantil. O CONSUNI  é o espaço central de decisão acerca das mudanças na Universidade,com isso a presença dos/as estudantes se faz necessária para garantir a pressão necessária para que nossas pautas sejam aprovadas e o Movimento possa sair vitorioso.
"Quem não se movimenta não sente as correntes que o prende"(Rosa Luxemburgo)
 

16 de outubro de 2011

Palestinos e israelenses se preparam para troca de prisioneiros

A Autoridade Penitenciária de Israel publicou neste domingo a lista oficial dos 477 prisioneiros palestinos que serão libertados em troca do soldado israelense Gilad Shalit, capturado por grupos palestinos há mais de cinco anos.

Logo depois da publicação, as autoridades começaram a deslocar as 27 prisioneiras que serão libertadas para a cadeia Hasharon, e os 450 prisioneiros para a cadeia de Ktziot, no sul de Israel.

15 de outubro de 2011

Convocatória Conselho de Entidades de Base da UFBA


O Diretório Central dos Estuantes convoca todos os Centros e Diretórios Acadêmicos da UFBA para o CEB eleitoral, nesta segunda-feira, dia 17/10, às 16h30, na sede do DCE-UFBA, para pauta única: 1. Eleição do DCE-UFBA.
A presença de todos os CAs e DAs da UFBA é muito importante para a construção da nossa entidade geral.

13 de outubro de 2011

UNE realiza abaixo-assinado pela aprovação dos 10% do PIB pra Educação e 50% do PIB para o Pré-Sal


Faça parte de uma das maiores campanhas em defesa da educação pública já promovida no Brasil
A UNE espera realizar, nos próximos meses, a maior campanha em defesa da educação já promovida no Brasil. A mobilização é pela aprovação dos 10% do PIB e 50% do Fundo Social do Pré-Sal como recursos a serem investidos exclusivamente nesse setor. Todo esse dinheiro deverá ser destinado para a melhoria da estrutura das escolas, pagamento de salário digno aos professores, excelência do ensino público na periferia das cidades e nas zonas rurais de todos os municípios, além da ampliação do acesso e da qualidade nas universidades para todas e todos.
A campanha tem o nome “Educação 10″ e contará com um abaixo assinado que, de acordo com as expectativas UNE, reunirá milhões de assinaturas. “Há na sociedade brasileira, atualmente, um enorme consenso da necessidade de aumentar significativamente os investimentos em educação”, destaca o presidente da entidade Daniel Iliescu.
Os dois objetivos da campanha poderão ser alcançados ainda esse ano. Nos próximos meses, o Congresso deverá votar o projeto do Plano Nacional de Educação (PNE) do governo federal, que propõe a ampliação dos investimentos no setor para 7% do PIB até 2020, o que não é, definitivamente, suficiente. A UNE defende que o texto seja refeito e garanta o investimento de 10% na educação do Brasil até 2014.
Urgente também é a aprovação do PLS 138/2011, em tramitação no Congresso, que garante 50% do Fundo Social do Pré-Sal para a educação. O Fundo Social, criado em 2010, tem o objetivo de garantir que os recursos dessa riqueza natural sejam revertidos com finalidades sociais. A UNE tem certeza que a educação precisa ser, prioritariamente, alvo desses recursos.
Investir na educação pública é a única forma de realmente superar os problemas mais urgentes do Brasil.
Faça parte deste movimento. Assine e divulgue
Para assinar online: http://bit.ly/qKyh4V
Baixe aqui a ficha do abaixo-assinado em jpg.
Baixe aqui a ficha do abaixo-assinado em pdf.

11 de outubro de 2011

Conselho Universitário da UFBA é convocado para debater a demanda dos/as estudantes.

Ofício Circular SOC nº 76/2011

Salvador, 10 de outubro de 2011.

 Senhor(a) Conselheiro(a),

Convido Vossa Senhoria para a reunião extraordinária do Conselho Universitário, a realizar-se no dia 13.10.2011 (quinta-feira), das 14 (quatorze) às 17 (dezessete) horas, na Sala dos Conselhos do Palácio da Reitoria, com a finalidade de apreciar os itens relacionados na Ordem do Dia em anexo.

Saudações universitárias,


Dora Leal Rosa
Reitora
Presidente do Conselho Universitário




________________________________________________________________

Ofício Circular SOC nº 77/2011

Salvador, 10 de outubro de 2011.
 Senhor(a) Conselheiro(a),

Convido Vossa Senhoria para a reunião extraordináriado Conselho Universitário, a realizar-se no dia20.10.2011 (quinta-feira), das 14 (quatorze) às 17 (dezessete) horas, no Salão Nobre do Palácio da Reitoria, com a finalidade especifica de discutir aAssistência Estudantil na UFBA.

Saudações universitárias,
 Dora Leal Rosa
Reitora
Presidente do Conselho Universitário

Postos do Salvador Card têm novo horário de funcionamento




*Imagem retirada do facebook

10 de outubro de 2011

Che Guevara e os mortos que nunca morrem

Carta Maior
No dia em que executaram o Che Guevara em La Higuera, uma aldeola perdida nos confins da Bolívia, Julio Cortázar – que na época trabalhava como tradutor na Unesco – estava em Argel. Naquele tempo – 9 de outubro de 1967 – as notícias demoravam muito mais que hoje para andar pelo mundo, e mais ainda para ir de La Higuera a Argel.

7 de outubro de 2011

O Paradoxo do SUS: regulamentação da EC 29 tira 7 bilhões de financiamento da saúde. Será possível? Sim, infelizmente sim.

Por Rafael Damasceno*

O Sistema Único de Saúde é uma das mais importantes conquistas sociais do povo brasileiro na constituição federal de 1988. Entretanto este vem padecendo com um subfinanciemento brutal, que de forma inequívoca, impede que consigamos com aproximadamente R$2,50 investido ao dia por habitante em nosso país, fazer com este sistema funcione plenamente.

Este subfinanciemento estatal (leia-se da união, dos estados e do município) abre uma brecha enorme para que o setor privado que deveria ser complementar, invista mais em saúde do que a esfera pública. No Brasil, 55%dos gastos são privados (e beneficiam cerca de 46 milhões de conveniados) e 45%, públicos – favorecem todos os 190 milhões de brasileiros.

Assim o SUS vive um paradoxo. É todo dia alvo de críticas da grande mídia monopolizadora, de políticos que pensam apenas em seus propósitos, de usuários do sistema e também dos seus próprios trabalhadores. Entretanto, acima de tudo isso, este sistema mesmo sendo tão mal financiado, consegue garantir um serviço gratuito de acesso universal a toda a população brasileira, mesmo com todas as dificuldades.

Neste sentido desde a sua criação, diverso setores que compõem o movimento da Reforma Sanitária vem lutando por financiamento para a saúde além da definição específica dos gastos em saúde para evitar que, 30% dos desvios financeiros envolvidos em corrupção no país sejam da saúde. A grande forma foi regulamentação da Emenda Constitucional 29 aprovada dede 2000.

Nos últimos dias a saúde tomou conta do espaço midiático brasileiro e também dos debates no Congresso Nacional. Todo mundo estava debatendo saúde. Logicamente cada um defendendo seus próprios interesses, quase sempre em detrimento dos interesses da população brasileira e do próprio SUS. Esta situação se confirmou quando os deputados votaram a regulamentação da EC 29 ontem (21/09/2011). Na prática houve uma melhor definição dos gastos em saúde o que foi um avanço, entretanto, o principal, o aumento do investimento para o setor saúde, não aconteceu. Pior, vai haver diminuição dos gastos em saúde.

28 de setembro de 2011

Trabalhadores da INB – URA paralisam as atividades em Caetité – BA

Em reunião com os trabalhadores do turno, no dia 26/09/2011, o gerente da URA em Caetité, Hilton Mantovani Lima, informou que, por decisão da diretoria executiva da empresa, a partir do dia 03/10/2011, a INB implantará uma quinta turma com jornada de trabalho de seis horas, decisão esta, tomada de forma unilateral, desrespeitando a portaria nº 412/2007 do Ministério do Trabalho e Emprego. Tal atitude reduz a remuneração dos trabalhadores em 50% (cinquenta por cento), pois suprime duas horas extras diárias recebidas habitualmente desde o ano 2000.

Seminário Temático: O PT chamando Salvador para construir um Programa.

II CONFERÊNCIA LGBT DA REGIÃO METROPOLITANA FOI REALIZADA EM LAURO DE FREITAS




Durante a II Conferência LGBT Territorial da Região Metropolitana de Salvador, realizada em Lauro de Freitas neste sábado, a prefeita Moema Gramacho garantiu levar aos prefeitos dos municípios que integram o Consórcio Intermunicipal Costa dos Coqueiros, as reivindicações e políticas públicas definidas no encontro.


"Me comprometo a realizar reunião com os prefeitos para apresentar as propostas da Conferência para que sirvam de auxilio na implementação das políticas para o público LGBT", afirmou a presidenta do Consórcio e prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho.

27 de setembro de 2011

Comissão da Verdade gera debate e vontade de justiça

 Carta Maior

Aprovado no último dia 21 pela Câmara dos Deputados, o projeto de lei 7.376/2010, referente à criação da Comissão da Verdade, aumentou os debates em torno dos crimes cometidos durante o período militar. O atraso de mais de 30 anos no processo brasileiro de encontro com a sua história produziu dois movimentos simultâneos e contraditórios: frustrou expectativas de familiares e atingidos, que esperavam mais, após tantas dificuldades enfrentadas nos sucessivos governos pós-ditadura; e de outro, foi considerado como uma relativa vitória, já que a comissão é mais do que se conseguiu até agora.

26 de setembro de 2011

EESP prorroga inscrições para o processo seletivo de estagiários da 4ª edição do estágio de vivência no SUS



A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB), através da Superintendência de Recursos Humanos da Saúde (SUPERH) e da Escola Estadual de Saúde Pública Professor Francisco Peixoto de Magalhães Netto (EESP), torna público o processo seletivo de estagiários para a 4ª edição do Estágio de Vivências no SUS.

Os Estágios de Vivência no SUS promove discussões sobre a integração educação e trabalho na saúde, a partir da articulação de gestores, trabalhadores, usuários e instituições formadoras. Os estudantes selecionados, durante os dias 14 a 23 de dezembro de 2011, serão inseridos em municípios do estado da Bahia onde, acompanhados pelos Mediadores de Aprendizagem, poderão se aproximar da realidade do SUS (Unidades Básicas de Saúde, CAPS, Hospitais, Conselhos de Saúde, Central de regulação, ente outros). Participarão também de reuniões e oficinas com gestores, profissionais, usuários e movimentos sociais para tematizar coletivamente as questões vivenciadas.

A seleção está aberta para estudantes de todos os cursos da área da saúde no estado, regularmente matriculados e que não tenham participado em edições anteriores.

As inscrições FORAM PRORROGADAS e se encerram no dia 28/09/2011. Para mais informações, formulários e inscrição, acessar o site da EESP através do endereço:

http://www2.saude.ba.gov.br/eesp

Acesse também no site o projeto e a cartilha informativa da 4ª edição do Estágio de Vivências no SUS.

Fonte: EESP

Inscrições abertas para a Code, edição Bahia

Ipea, em parceria com o Governo do Estado da Bahia, realiza em outubro a Conferência do Desenvolvimento, em Salvador
O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com o Governo do Estado da Bahia, promoverá a Conferência do Desenvolvimento – Ipea, edição Bahia (Code Ipea/BA), nos dias 04 e 05 de outubro. A Conferência será uma oportunidade para aprofundar o conhecimento acerca da realidade socioeconômica brasileira, com ênfase nos eixos de desenvolvimento para a região Nordeste e o aperfeiçoamento das políticas governamentais. O evento acontecerá no Campus da Universidade Federal da Bahia, Av. Rto. Miguel Calmon, Canela, Salvador.
O evento visa promover um debate profundo na sociedade sobre os desafios que envolvem o desenvolvimento do Brasil e do Nordeste por meio de oito painéis e 40 oficinas, que terão a presença de autoridades, especialistas e acadêmicos. Por isso, a Code-BA será realizada de forma aberta à participação ampla de estudantes, profissionais, estudiosos, pesquisadores, agentes públicos, legisladores, especialistas, professores, entre outros.
A abertura da Conferência será em local diferente (Hotel Rua Fonte do Boi, 216 - Rio Vermelho) e contará com a participação do presidente do Ipea, Marcio Pochmann, o governador do Estado da Bahia, Jaques Wagner, e demais autoridades, no dia 04 de outubro, das 8h30 às 12h30.
Pesquisadores do Ipea estarão presentes em sete painéis para debater sobre Proteção Social, Garantia de Direitos e Geração de Oportunidades; Sustentabilidade Ambiental; Fortalecimento do Estado, das Instituições e da Democracia; Estrutura Tecnoprodutiva Integrada e Regionalmente Articulada; Infraestrutura Econômica, Social e Urbana; Macroeconomia para o Desenvolvimento; e Inserção Internacional Soberana. Os temas estão relacionados aos eixos do desenvolvimento definidos pelo Instituto. E o painel de encerramento traz o tema “Crise internacional e os Reflexos na Economia Brasileira”.
As vagas em cada atividade são limitadas. As inscrições já podem ser feitas pelo site do evento. www.ipea.gov.br/codebahia

Nem as crianças acreditam na propaganda contra o MST

Por Maria Luisa Mendonça *
 
Enquanto a mídia conservadora insiste em manter a ignorância sobre a situação anacrônica do monopólio da terra no Brasil e suas conseqüências desastrosas para a economia, o meio ambiente e a sociedade, algumas crianças de nove anos são mais bem informadas.
Na escola do meu filho, as crianças aprendem que o papel da colonização portuguesa foi explorar nossas riquezas e que o Brasil ainda mantém um modelo agrícola e fundiário baseado no latifúndio e no monocultivo para exportação. 
Em uma prova de história e geografia, as crianças interpretaram a música "Índios" do Legião Urbana para falar sobre a exploração da colonização portuguesa  e as lutas da Inconfidência Mineira.
A última pergunta da prova era: “Muitas pessoas ainda lutam por leis mais justas e por uma vida melhor. Escreva o nome de um movimento atual que tenha esse ideal e comente sobre o que pretendem”. Resposta do meu filho:  “O MST, porque pretende acabar com a fome e com toda a miséria”.
Vamos recomendar o livro "A história da luta pela terra e o MST", da Editora Expressão Popular. Não vamos deixar que nossas crianças sejam enganadas pela propaganda da mídia burra e vendida para o agronegócio.

* Maria Luisa Mendonça é jornalista
Fonte: MST

25 de setembro de 2011

Blog da UEB volta a ativa depois de muito tempo desativado

Nós do Coletivo Estopim, que reivindicamos e construímos a União dos Estudantes da Bahia, achamos louvável a iniciattiva tomada em atualizar o blog da entidade, tendo em vista que esse canal de diálogo virtual estava desativado há muito tempo por motivos não declarados por Diretorias passadas.
Fazemos votos de que essa ferramenta seja utilizada de forma democrática, onde as diretorias, tanto Executiva quanto da Plena da Entidade, possam divulgar suas atividades e assim, utilizar esse espaço para um diálogo mais próximo com os estudantes universitários de toda a Bahia na construção das lutas pela efetivação de direitos.

Segue link do blog para acesso:
http://blogdaueb.blogspot.com/

Na ONU, Dilma defende Brasil no Conselho de Segurança e Palestina

Em sua estréia - e das mulheres - na abertura da Assembléia Geral das Nações Unidas, Dilma Rousseff cobra reforma do Conselho de Segurança, com assento permanente ao Brasil, para devolver-lhe 'legimitidade'. Em discurso de 24 minutos em que foi aplaudida quatro vezes, também defende 'ingresso pleno' da Palestina na ONU e 'crescimento' como opção contra crise global.

Na primeira vez que uma mulher abriu a Assembléia Geral das Nações Unidas em 66 anos, a presidenta Dilma Rousseff defendeu, nesta quarta-feira (21), que o Brasil tenha assento permanente no Conselho de Segurança; o reconhecimento formal da Palestina, com o ingresso dela na ONU; e que os países enfrentem a crise econômica global com crescimento e, não, recessão.

Para Dilma, é urgente e não dá para “protelar mais” a reforma do Conselho de Segurança, debate que se arrasta há 18 anos. A legitimidade do Conselho, criado numa geopolítica que ficou para trás, depende desta reforma, disse a presidenta, numa das quatro vezes em que arrancou aplausos da Assembléia durante o discurso de 24 minutos.

“O mundo precisa de um Conselho de Segurança que venha a refletir a realidade contemporânea, que incorpore novos membros permanentes e não permanentes, em especial, representantes dos países em desenvolvimento”, disse Dilma. “O Brasil está pronto para assumir suas responsabilidades como membro permanente.”

Segundo a presidenta, um Conselho mais legítimo seria mais eficiente para coordenar respostas a situações surgidas, por exemplo, na “Primavera Árabe”, com manifestações a reivindicar democracia e liberdade numa série de países. O Brasil, disse Dilma, se solidariza com o “ideal de liberdade” e repudia “com veemência a repressão brutal” que vitimou civis nestes movimentos.

Salientando o passado de perseguida e torturada política, Dilma condenou “autoritarismo, xenofobia, miséria, pena capital e discriminação” como “algozes dos direitos humanos” - presentes em todos os países, é preciso reconhecer, disse ela.

Neste momento, ela saudou o país caçula da ONU, o Sudão do Sul, que debutou na Assembléia Geral. E lamentou não poder dar uma segunda boas vindas. Para Dilma, o sonho de soberania é um direito “legítimo do povo palestino” que, se realizado, ajudaria a promover a paz no Oriente Médio. “Acreditamos que é chegado o momento de termos a Palestina aqui representada a pleno título”, afirmou Dilma, outra vez inspirando palmas.

Mulheres e crise econômica
A primeira salva de palmas ocorreu logo no início do discurso, quando a presidenta referiu-se ao fato de ser a primeira mulher a abrir a Assembléia. Para ela, quem se exprimia ali, naquele momento, era a “voz da democracia e da igualdade”, que se amplia no mundo.

Depois de dizer-se orgulhosa e de prever um “século das mulheres”, Dilma entrou direto no assunto que mais agita a comunidade internacional hoje, por atingir diretamente países ricos: a crise econômica global. Foi o tema que mais ocupou espaço no discurso da brasileira.

A presidenta classificou o momento atual de “extremamente delicado”. Disse que não é hora de procurar culpados pela crise, até porque já são bastante conhecidos. Criticou a falta de “recursos políticos”, em especial nos países ricos, para resolver os problemas. Reclamou do protecionismo como opção. Lamentou os efeitos sobre o desemprego, hoje superior a 200 milhões no mundo.

Segundo Dilma, os países em desenvolvimento podem ajudar a atravessar a crise, mas é preciso que fóruns globais como a ONU, o G20 (grupo das maiores economias do mundo), o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial (Bird) conversem e negociem mais. É necessário, disse, regular mais o setor financeiro. E, sobretudo, preferir a arma do crescimento à da estagnação.

“A solução do problema de dívida [dos governos] deve ser combinada com crescimento econômico. Há sinais evidentes de que os ricos estão no limiar da recessão”, afirmou Dilma, para quem “a prioridade mundial” deve ser resolver a questão fiscal daqueles países – sem crescer e gerar receita, seria mais difícil.

Mas Dilma não deixou de dizer, mais uma vez, que o Brasil tem sido menos afetado pela crise, embora “a capacidade de resistência [do país] não é ilimitada”. Ela vendeu ações do governo e a possibilidade que o Brasil tem hoje de usar o mercado interno para sair-se bem, em meio a turbulências.

Ao encerrar o discurso, a presidenta voltou ao tema da participação feminina na política. Saudou o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, por estimular esse tipo de debate, ao coordenar a criação da ONU Mulher, referência que rendeu a Dilma sua quarta salva de palmas. 

Fonte: Carta Maior

23 de setembro de 2011

Culturas nacionais: Anotações sobre a morte e o esquecimento


Eric Nepomuceno
Carta Maior


1.
Aconteceu nos Estados Unidos, em Jackson, capital da Geórgia, um estado
sulista, por volta das sete da tarde, hora local, da quarta-feira, dia 21. Aconteceu com Troy Davis, negro, 42 anos de idade.

22 de setembro de 2011

O Paradoxo do SUS: regulamentação da EC 29 tira 7 bilhões de financiamento da saúde. Será possível? Sim, infelizmente sim.

Por Rafael Damasceno¹

O Sistema Único de Saúde é uma das mais importantes conquistas sociais do povo brasileiro na constituição federal de 1988. Entretanto este vem padecendo com um subfinanciemento brutal, que de forma inequívoca, impede que consigamos com aproximadamente R$2,50 investido ao dia por habitante em nosso país, fazer com este sistema funcione plenamente.
Este subfinanciemento estatal (leia-se da união, dos estados e do município) abre uma brecha enorme para que o setor privado que deveria ser complementar, invista mais em saúde do que a esfera pública. No Brasil, 55%dos gastos são privados (e beneficiam cerca de 46 milhões de conveniados) e 45%, públicos – favorecem todos os 190 milhões de brasileiros.

Assim o SUS vive um paradoxo. É todo dia alvo de críticas da grande mídia monopolizadora, de políticos que pensam apenas em seus propósitos, de usuários do sistema e também dos seus próprios trabalhadores. Entretanto, acima de tudo isso, este sistema mesmo sendo tão mal financiado, consegue garantir um serviço gratuito de acesso universal a toda a população brasileira, mesmo com todas as dificuldades.

Neste sentido desde a sua criação, diverso setores que compõem o movimento da Reforma Sanitária vem lutando por financiamento para a saúde além da definição específica dos gastos em saúde para evitar que, 30% dos desvios financeiros envolvidos em corrupção no país sejam da saúde. A grande forma foi regulamentação da Emenda Constitucional 29 aprovada dede 2000.

Por um Estado Palestino!

Nós, do Coletivo O Estopim, acreditamos que é urgente e necessário o reconhecimento do Estado Palestino perante o Conselho de Segurança da ONU, solicitação esta que será realizada nesta sexta(23), pelo Presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas. Nesse sentido, defendemos o direito de autodeterminação dos povos, de modo que a Palestina Livre e Independente, seja um país autônomo com sua capital em Jerusalém Oriental, de acordo as fronteiras anteriores a 1967.

Repúdio aos massacres de inocentes palestinos por parte do exército de Israel, sob os olhares das potências ocidentais!

Estado Palestino já!

19 de setembro de 2011

Artistas e intelectuais lançam manifesto em apoio à Comissão da Verdade

Carta Maior

A Câmara dos Deputados deve votar no dia 21 de setembro o projeto que cria a Comissão da Verdade, encarregada de trazer à público as violações de direitos humanos cometidas durante o período da ditadura militar. A criação da Comissão enfrenta forte resistência de setores simpáticos e saudosistas da ditadura. Para ajudar a contrapor essa resistência, um grupo de intelectuais encabeçado por Leonardo Boff, Emir Sader, Marilena Chauí e Fernando Morais está lançando um manifesto de artistas e intelectuais em apoio à Comissão da Verdade. O texto do manifesto afirma:

Calendário das etapas territorias da 2ª Conferência Estadual de Juventude da Bahia

18 de setembro de 2011

EUA prometem barrar Estado palestino. Europa está dividida

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, acendeu um pavio que fez voar em pedaços a máscara das potências ocidentais. Abbas anunciou que no próximo dia 23 de setembro pedirá ante o Conselho de Segurança da ONU o reconhecimento da Palestina como Estado de pleno direito.

Aliados incondicionais de Israel, os Estados Unidos, que nada fizeram desde que Obama chegou ao poder para desbloquear o processo de paz, manifestaram-se rapidamente para julgar « contraproducente » a iniciativa de Abbas enquanto que a União Europeia, por meio da chefe da diplomacia europeia, a escandalosa e inoperante Catherine Ashton, defendeu uma « solução construtiva » que conduza à retomada das negociações entre Israel e Palestina.

16 de setembro de 2011

Dia 19/09 abrem as inscrições para o EIV SUS. Fique alerta!

PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO EM ESTÁGIOS NÃO-OBRIGATÓRIOS NA SESAB

3ª Conferência Municipal para as Mulheres (3ª CMPM)

A 3ª Conferência Municipal para as Mulheres (3ª CMPM) ocorrerá nos dias 20 e 21 de setembro de 2011, das 08h às 18h no Hotel Sol Bahia, Av. Manuel Antônio Galvão, 1075, Patamares.
Segue anexa a ficha de inscrição da 3.ª CMPM que deverá ser preenchida e encaminhada para o email 3cmpm.salvador@gmail.com ou via fax (2108-7306).

Obs: A ficha deverá ser encaminhada até sexta-feira, 16/09/2011, às 12 horas. Vagas limitadas. O encaminhamento da ficha não garante a inscrição.

Maiores informações: 2108-7309 / 7310.
Data: 20 e 21 de setembro de 2011
Horário: 08 às 18h
LOCAL: Hotel Sol Bahia, Av. Manuel Antônio Galvão, 1075, Patamares.

15 de setembro de 2011

A UFBA em chamas!

Nos últimos dias ocorreram diversos processos de moblização na Universidade Federal da Bahia. Descontentes com a situação com a qual a Universidade se encontra, estudantes, funcionários e vigilantes se manifestam a todo momento exigindo melhores condições para suas categorias.
Os funcionários encontram-se em greve há mais de três meses e pouco se avançou na negociação com a Reitoria acerca do aumento de salário. O problema de atraso dos salário dos vigilantes da empresa Precaver foi solucionado na noite de anteontem, 13/09, com o depósito dos salários na conta dos vigilantes. Esse,que era um dos grandes motivos para paralização e manifestção dos estudantes, por conta da insegurança ao transitar pela Universidade, já não consta mais na pauta do Movimento Estudantil, que se reorganiza para assegurar suas reivindicações frente a Reitora Dora Leal.
No dia 12/09 houve manifestação nas ruas de Salvador por parte dos estudantes que saíram de São Lázaro e seguiram rumo Ondina e Canela. Entre as reivindicações centrais estavam pautas centrais como 15% do Orçamento da  UFBA para Assistência Estudantil e Orçamento participativo Universitário,  10% do PIB para Educação,além das pautas específicas como entrega da Resiodência da Garibalde, mais segurança, Reforma da Cozinha do RU Ondina e ampliação da produção de alimentos,contratação imediata de professores, entre outras.
O Movimento estudantil se organizou nos seus fóruns no dia 13/09, como o Fórum do Canela e Ondina, reunindo diversos estudantes independentes, de CA's e DA'S. Desses espaços foram consensuadas agendas, que seguem abaixo e que são de fundamental importância a participação dos e das estuadantes nesse processo:

  •  Quinta, 15.09  -  CEB no DCE da UFBA às 17h;
    Sexta, 16.09    -   Fórum do Canela as 16h na FAMED;
    Segunda, 19.09  -Aula Pública de São Lazaro;
    Terça, 20.09    -   Aula Pública do Canela às 10h no pátio do PAC;
    Quarta, 21.09   - Aula Pública de Ondina
  • Terça-feira – 20/09 – Conselho de Entidades de Base, no DCE – com a pauta da mobilização para agregar os demais CAs e as pautas dos diversos campi tiradas nos Fóruns.
    Quinta-feira – 22/09 – Assembléia Estudantil da UFBA, na Reitoria.
Com isso, seguimos atentos  para que no final desse processo, nós estudantes possamos sair vitoriosos.

II Congresso da Juventude do PT de Salvador

CARTAZ conjpt SALVADOR.jpg

A Juventude do PT convida a todos e todas a participarem do II Congresso da Juventude do PT de Salvador. 

Estamos mobilizando a juventude filiada ao PT e simpatizante ao nosso partido a construir um dia de reflexão e debate sobre Salvador e como a juventude soteropolitana vive, trabalha, tem acesso à cultura, à educação, ao lazer, à segurança, à saúde, à participação política, à cidade, incluindo a necessidade de pensarmos o modelo e a concepção de mobilidade urbana que deve ser construído na nossa cidade.

Vamos refletir sobre o papel do partido na luta pela garantia destes e de outros direitos, e como o partido deve estar organizado para construir todas as lutas que forem necessárias. Vamos debater a relação do nosso partido com os movimentos sociais e pensar também sobre o atual momento em que vivemos, da conjuntura nacional, estadual e municipal, incluindo a participação dos jovens no processo eleitoral de 2012.

O II CONJPT Salvador será no dia 17 de setembro (sábado), a partir das 8 da manhã, no Auditório do Colégio Central. São delegadas/os ao congresso municipal qualquer jovem que seja filiada/o a pelo menos 1 ano e que tenha idade entre 15 e 29 anos. 

São bem vindas todas as pessoas que queiram colaborar com a construção de um partido forte, democrático, de esquerda e de luta.

Ministros de Direitos Humanos entregam manifesto em favor da Comissão da Verdade



A ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Maria do Rosário, acompanhada por cinco ex-ministros da pasta, entregou nesta terça-feira (13) ao presidente da Câmara dos Deputados, deputado Marco Maia, e ao presidente do Senado, senador José Sarney, um manifesto em favor da aprovação da Comissão da Verdade. Estiveram presentes os ex-ministros José Gregori, Gilberto Saboia, Paulo Sérgio Pinheiro, Nilmário Miranda e Paulo Vannuchi. O ministro da Defesa, Celso Amorim, participou da recepção aos ex-titulares da pasta na SDH/PR. O ex-ministro Mário Mamede Filho não esteve em Brasília, mas também assina a carta aos parlamentares.

13 de setembro de 2011

Carta aberta a Juventude do Partido dos Trabalhadores de Salvador

Companheiros e companheiras,

O próximo período marcará um ano fundamental para todos os petistas dessa cidade. Após dois mandatos desastrosos do desgoverno de João Henrique a conjuntura política da nossa cidade pede uma profunda transformação. Somente o protagonismo do nosso partido, principalmente da nossa juventude, será capaz de proporcionar ao conjunto dos movimentos sociais e da população um salto na sua condição de vida, resgatando a sua dignidade e a sua esperança.

Para isso é necessário localizar o papel da juventude do PT neste processo fundamental para os rumos da nossa cidade. Não queremos apenas segurar bandeiras e distribuir panfletos, queremos participar de toda a construção política e programática que o nosso candidato irá defender em 2012. Lutaremos para que a nossa juventude assuma um papel determinante no projeto político da capital baiana, se colocando como principal interlocutora das transformações sociais ansiadas pelo conjunto da população.

11 de setembro de 2011

Campanha contra o uso de agrotóxicos é lançada na Bahia

Redação

Foi lançada na tarde deste domingo(11) em Salvador, a "Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida". O evento começou com a exibição do documentário "O veneno está na mesa", do cineasta Sílvio Tendler. Após o filme foi formada uma mesa de debates com membros do comitê baiano da campanha, professores, Via Campesina, cineastas etc.

A idéia central da campanha é disseminar na sociedade que o uso intenso dos agrotóxicos tem causado diversos problemas para a saúde da população, bem como propor uma alternativa sustentável para o desenvolvimento, através da agroecologia. 

Outro objetivo é expandir a campanha pelo interior do estado, com a formação de comitês regionais ou municipais. 

O Brasil se transformou no maior consumidor de agrotóxicos do mundo desde 2009. Dados demonstram, por exemplo, que cada brasileiro consome 5,2 litros de venenos (agrotóxicos) por ano.

10 de setembro de 2011

Nas ruas! Nas praças! Quem disse que sumiu?

Aqui está presente o movimento estudantil!

O Coletivo O Estopim vem através deste manifestar total apoio a luta estudantil impulsionada nesta marcha de São Lázaro. Não podemos mais tolerar a forma como estamos sendo tratados na Universidade Federal da Bahia.

São péssimas condições de assistência estudantil, falta RU em São Lázaro, no Canela, nos campi do interior, salas quentes, falta de professores, além da interminável obra da residência da Garibaldi que está virando um elefante amarelo. Precisamos dar um basta nesta situação demonstrando a força mobilizadora e organizativa do ME de nossa Universidade.

O estudantes precisam ser mais bem acolhidos e valorizados e a UFBA parece bastante distante dessa condição. Assim, exigimos uma postura da reitoria que nos dê garantia de mudanças imediatas sobre esta situação.

Avante estudantes! Recuar jamais! O coletivo Estopim se solidariza com a sua luta e incendiando corações e mentes na luta pela educação!

Uma, duas...dez ocupações de reitoria para garantir 10% do PIB pra educação, 15% do orçamento da UFBa para assistência estudantil.

8 de setembro de 2011

Lançamento da revista “Cultura e Pensamento: Juventude e Ativismo”

Blog Jovem Gera Ação

Tendo em vista a necessidade de debater alguns dos aspectos da juventude brasileira e baiana, a SECULT (Secretaria de Cultura do Estado da Bahia) e a UFBA (Universidade Federal da Bahia) promovem um debate sobre Juventude e Desenvolvimento, que irá contar com as presenças do Secretário de Cultura Albino Rubim, do Coordenador de Juventude do Governo do Estado Vladimir Costa, de Vitor Santana e Helder Quiroga (ONG Contato) e do Professor Carlos Bonfim.

Nesta mesma ocasião será lançada a revista “Cultura e Pensamento: Juventude e Ativismo”.
O evento será realizado no dia 12 de setembro, no auditório do IHAC (Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos) a partir das 17h.
309832_227341057315033_100001174209472_570602_1454231159_n

Dirigente de movimento de trabalhadores sem-terra é assassinado na Bahia.

Na noite do dia 6 de setembro de 2011, por volta das 21h, no Povoado de Mandassaia, no município de Monte Santo, na Bahia, foi assassinado Leonardo de Jesus Leite, liderança regional do Movimento de Trabalhadores Acampados e Assentados (Ceta).

Leonardo tinha 37 anos, era casado e pai de dois filhos. Ele foi arrastado do interior de sua casa, na presença da família, e executado no terreiro com um tiro na cabeça.

Ele fazia parte de um grupo de trabalhadores rurais sem-terra que, há mais de 10 anos, luta por terra e trabalho na região, especialmente pela desapropriação para fins de Reforma Agrária da Fazenda Jibóia, no município de Euclides da Cunha, de propriedade de José Renato, ex-prefeito do município.

5 de setembro de 2011

Uruguai sentencia ex-ditador a 25 anos de prisão

Portal Memórias Reveladas

A Suprema Corte de Justiça uruguaia condenou pela segunda vez nesta sexta-feira o ex-ditador Gregório Álvarez a 25 anos de prisão por 37 homicídios cometidos durante o regime militar (1973-1985). Em 2009, o juiz Luis Charles já havia anunciado a sentença, mas desta vez os crimes foram confirmados como "homicídio muito especialmente agravado" e descarta a atribuição de "desaparição forçada", defendida pela Procuradoria Geral.

3 de setembro de 2011

Ato em Salvador durante a Semana da Anistia

Portal Memórias Reveladas

Em 28 de agosto um ato na rua Jorge Leal Gonçalves marcou as comemorações pelos 32 anos da lei de Anistia em Salvador, na Bahia. O texto de José Carlos Zanetti, em seguida, registra o evento e convida para a Sessão Especial na Assembleia Legislativa da Bahia em apoio a criação da Comissão da Verdade, no dia 5 de setembro de 2011, às 10:00h.

UMA CONSPIRAÇÃO PELA VERDADE
Jose Carlos Zanetti

2 de setembro de 2011

OS DIREITOS HUMANOS NOS EUA

Libertem Bradley Manning. Resistir.info
 
O soldado Bradley Manning — acusado de transmitir documentos à WikiLeaks — foi declarado "inimigo" dos Estados Unidos.

As altas patentes americanas consideram um crime denunciar os crimes da sua tropa e ele será submetido a julgamento em tribunal militar.

Desde Agosto de 2010 está encerrado numa cela de 3 x 2 metros, sem luz natural, durante 23 horas por dia.

Até agora podia estar vestido na sua cela, mas o regime foi agravado e doravante tem permanecer nu.

O fascismo estado-unidense tem desses requintes.

“A classe dominante não tem interesse em mudar a educação”

Carta Maior

O peso de seus argumentos em programas de televisão, a clareza de suas intervenções diante das autoridades que dobram sua idade e a capacidade inata de aglutinar as massas, converteram-a na líder mais visível deste movimento que já derrubou um ministro e jogou o governo de Sebastián Piñera nas cordas. Usando um jeans surrado, um lenço artesanal no pescoço, um piercing no nariz e esse olhar que esconde uma das mentes políticas mais brilhantes que apareceram no Chile nos últimos anos, Camila Vallejo concedeu uma entrevista exclusiva a Christian Palma, correspondente da Carta Maior em Santiago do Chile.

1 de setembro de 2011

MST comemora 30 anos do JST no acampamento nacional em Brasília.


Por Maria Mello

Fortalecer os meios de comunicação contra-hegemônicos, produzidos pela própria classe trabalhadora, é a única forma de garantir que a palavra que emana do povo seja transmitida com legitimidade e eficácia.
Por isso, o Jornal Sem Terra - que em 2011 comemora 30 anos de existência - foi homenageado durante o Acampamento Nacional da Via Campesina, em Brasília, na noite da última quarta-feira (24).

“O Jornal Sem Terra tem sangue, lágrima e sorriso de cada pessoa que conseguiu seu pedaço de chão e colheu o pão da terra conquistada. Ele é parte integrante de tudo o que a gente faz e fará para alimentar o povo Sem Terra”, comemorou o integrante da Coordenação Nacional do MST Vilson Santin, de Santa Catarina. “Tenho orgulho em dizer que não teve tempo ruim, não teve crise financeira, que fez acabar esse jornal”, completou, emocionado.

31 de agosto de 2011

Um Brasil melhor se faz com novas ideias e Para Todos - Paulo Marcelo Lopes

Paulo Marcelo Lopes*

A juventude do PT já travou grande e produtiva discussão sobre seu protagonismo no partido e na sociedade. Em 2008, realizou seu primeiro Congresso elegendo suas direções municipais, estaduais e nacional. Em nosso debate, tratamos da “Concepção e funcionamento da JPT” além de “O Brasil que queremos”, abordando temas que fazem parte do nosso cotidiano, como por exemplo, formação política, qualificação e trabalho digno, valorização da diversidade, combate a qualquer tipo de discriminação, liberdade de expressão,entre tantos outros de não menor importância. 

30 de agosto de 2011

Maria do Rosário defende criação de Comissão da Verdade

A ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, afirmou em audiência pública na segunda-feira (29), na Assembleia Legislativa de São Paulo, que os parlamentares que votarem a favor da criação da Comissão da Verdade "estarão votando pela história do Brasil, para o presente e para o futuro."

Para a ministra, os deputados tomaram direção positiva em relação aos textos que criam a Comissão da Verdade. "A Câmara também foi atingida no período da ditadura, com vários parlamentares cassados", lembrou. Para ela, não há nenhum sinal de revanchismo na tentativa pela via democrática para instalar a comissão.

Fonte: O globo

28 de agosto de 2011

Entidades lançam Comitê por Estado da Palestina Já em São Paulo


Da Agência Brasil de Fato


Será lançado nesta segunda-feira (29), em São Paulo, o Comitê pelo Estado da Palestina Já!. O evento ocorrerá às 17h no Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo (rua Genebra, 25 - Centro, próximo à estação de metrô Anhangabau).
O comitê reunirá diversas organizações e centralizará todas as ações no país em torno das mobilizações para que a Palestina seja reconhecida pela 66ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que será realizada em 13 de setembro, em Nova York, nos Estados Unidos.
Já no dia 20 de setembro, um dia antes do início das votações na ONU, o Comitê pelo Estado da Palestina Já! promoverá um ato público e uma caminhada em defesa do Estado da Palestina. A concentração do protesto será às 17h na Praça Ramos de Azevedo, no centro da capital paulista (em frente ao Theatro Municipal de São Paulo, na esquina com o viaduto do Chá, próximo à estação de metrô Anhangabaú).

26 de agosto de 2011

Avanço no fortalecimento do controle social em saúde na bahia: 416 dos 417 municípios realizaram conferência municipal de saúde.

Por Rafael Damasceno¹

O Sistema Único de Saúde foi fundamentalmente originado a partir do relatório final da 8ª Conferência Nacional de Saúde de 1986. As conferências de saúde foram regulamentadas com institucionalização do SUS através da Constituição Federal de 1988 e da lei que versa sobre a participação social (8.142/90), onde ficou determinado que a cada quatro anos haveria uma conferência que debateria a situação de saúde de cada município brasileiro. Nesta conferência, seria garantida a paridade de participação, ou seja 50% dos participantes seriam do segmento de usuários e ou outros 50% seriam do segmento de gestores e prestadores de serviços. É nesta conferência que é decidido o rumo das políticas de saúde daquele determinado município, sendo que a administração municipal (vulgo secretário municipal de saúde) deve obrigatoriamente seguir as diretrizes da conferência na composição da Plano Plurianual de Saúde daquele município.

25 de agosto de 2011

Plenária Estadual da Militância Socialista


Em 10 anos, Comissão de Anistia aprovou reparo financeiro a 13 mil

 


Da Redação
Carta Maior




BRASÍLIA – A Comissão de Anistia do ministério da Justiça concedeu anistia, nos últimos dez anos, a 38 mil brasileiros perseguidos entre 1946 e 1988 por razões políticas, 54% do total de pedidos apresentados. Dentre os anistiados, 13,5 mil receberam reparação financeira, seja na forma de uma indenização paga de uma vez só, seja por meio de pagamentos mensais.

Sem-terra, estudantes e sindicalistas vão às ruas cobrar governo


Najla Passos - Especial para a Carta Maior





BRASÍLIA - A luta por reforma agrária e mais verbas para a educação unificou uma série de movimentos sociais nesta quarta-feira (24/8) e levou milhares de camponeses, estudantes e sindicalistas às ruas de Brasília. Segundo os organizadores, de 15 mil a 20 mil pessoas foram à Esplanada dos Ministérios protestar contra o que consideram descaso do governo. Nas contas da Polícia Militar, eram 5 mil.

22 de agosto de 2011

Madri-Londres: os bons e os "maus" meninos

Fonte: Do Blog do Weden no Brasilianas

Por Weden

Eis que ninguém ousou perguntar nos grandes jornais, nas TVs por assinatura, nos blogs ultraconservadores: "Por que os brasileiros não se indignam...como a juventude inglesa?"

Logo quando surgiu o Movimento 15 de Maio, a imprensa espanhola demonstrou desprezo e desconfiança em relação aos meninos da Plaza Puerto del Sol.

Mais do que as palavras, os atos daquela juventude eram vistos como um discurso temeroso. Afinal, desconfiava-se que viria com a mesma febre, o mesmo calor e a mesma ardência dos protestos gregos, e de antigas barricadas francesas.

Mas não. Fora alguns contratempos, tensões esporádicas, alguns excessos, aqueles que bradaram "contra tudo que esta aí" faziam um movimento absolutamente pacífico, civilizado, diria mesmo, "domesticável" pelos gestos de interpretação logo lançados por jornais como El Pais e outras oligarquias midiáticas.

Mais do que isso: sem que fosse a intenção dos "indignados" espanhóis, o movimento acabou ajudando, pelo clima de "oposição", a vitória da direita nas últimas eleições regionais.

O movimento, além de não causar grandes temores, ainda ajudou a se fortalecerem no poder os conservadores, os partidários do neoliberalismo, das receitas do FMI - e, portanto, dos arrochos, da recessão, do desemprego - do preconceito contra os imigrantes, e dos apoios estabanados a guerras alheias.